Seis militares são denunciados por suposto estupro de soldado

O promotor disse que a denúncia, de sua autoria, seria concluída por atentado violento ao pudor.

A Justiça Militar em Santa Maria (RS) recebeu na última terça-feira denúncia de um caso de sexo em um parque da cidade envolvendo militares, ocorrido em 17 de maio deste ano. Na ocasião, quatro militares da unidade do Exército teriam feito sexo com um soldado de 19 anos. O jovem, à época, disse ter sido estuprado. O sexto denunciado seria um sentinela que estava de plantão e teria consentido com o abuso. As informações são do jornal Zero Hora.

O promotor Jorge Cesar de Assis, da Procuradoria de Justiça Militar de Santa Maria, disse que a denúncia, de sua autoria, seria concluída por atentado violento ao pudor - com o soldado como vítima - ou por pederastia, quando há sexo consentido. Lauro Bastos, advogado do soldado, reclamou das restrições impostas pelo Exército para o acompanhamento do inquérito policial.

Fonte: Terra