Seis são indiciados por morte de policial após inquérito concluído

A Delegacia de Homiídios concluiu inquérito e enviou à justiça

O inquérito sobre a morte do cabo da Polícia Militar Valdir Mendonça do Vale, 43 anos, morto durante um assalto na zona leste de Teresina no último dia 07 foi concluido na tarde desta sexta-feira (17) pela Delegacia de Homicídios que enviou à justiça relatório sobre as causas do assassinato.

Foram indiciadas seis pessoas que são Regisfran Marques, piloto da morto que estava com o autor com o autor do homicídio, Juliano Kelson Mourão da Silva, que realizou os disparos, Hilber Sousa Silva, José Luis Neto, José Torres Neto e Ivaldo Firmino de Oliveira Júnior.

O último a ser preso na manhã desta sexta-feira (17), na Avenida Maranhão,  Ivaldo Firmino de Oliveira Júnior, ex-rei momo do carnaval 2015 de Teresina, acusado de ser o dono de um veículo modelo versa utilizado para dar fuga aos criminosos.

Uma adolescente que trabalhava como estagiária na clínica onde o cabo Valdir era segurança está apreendida e tembém foi indiciada. Ela é acusada de repassar informações à quadrilha sobre pagamentos e informando melhor dia para ocorrer o assalto.

Com exceção de José Torres Neto, que participou do crime fornecendo informações sobre o valor de dinheiro que tinha o tesoureiros, os outros cinco foram indiciados por latrocínio e associação criminosa, segundo informou  o delegado Higgo Martins.


Policial foi assassinado durante assalton a zona Leste de Teresina
Policial foi assassinado durante assalton a zona Leste de Teresina


Fonte: Portal MN