Sejus quer padronizar procedimentos em penitenciárias do Piauí

O procedimento será adotado nas unidades prisionais do Piauí

O secretário de Justiça do Piauí, Daniel Oliveira, se reuniu nesta terça (28) com os chefes e coordenadores de disciplina e segurança das penitenciárias do Estado para tratar sobre os pleitos dos gestores, com o intuito de identificar problemas, viabilizar soluções e avançar em melhorias no sistema.

A principal pauta do encontro abordou o Procedimento de Operacional Padrão (POP) que será adotado nas unidades prisionais do Piauí e que é voltado à organização necessária para a execução das atividades nas penitenciárias, desde questões ligadas a visitas, comportamento dos detentos e cadastro de informações.

“Essa iniciativa permitirá avanços em vários aspectos, como na padronização de procedimentos nas unidades do Piauí. Os chefes de disciplina estão diretamente ligados à rotina das penitenciárias e essa aproximação nos permitirá identificar e solucionar problemas”, pontua o diretor da Penitenciária de Vereda Grande, Delfran de Sousa Rodrigues.

 O diretor de Inteligência e Proteção Externa da Secretaria de Justiça (Dipe), tenente coronel Luís Antônio Pitombeira, destaca “os investimentos da Sejus em informação e inteligência como forma de combater a ocorrência de problemas no sistema e contribuir para melhorias estruturais, legislativas e sobre procedimentos”.

 Na visão do secretário de Justiça do Piauí, Daniel Oliveira, a interlocução com os gestores das penitenciárias permite, além da identificação e resolução dos problemas imediatos do sistema, a coleta de informações para antecipação de ações que melhorem o serviço nas unidades prisionais como um todo.

 “Na próxima semana, realizaremos o Fórum de Gestão Penitenciária, reunindo os diretores das unidades, e estamos providenciando um encontro específico com os chefes e coordenadores de disciplina e segurança, para amadurecermos o trabalho de melhoria do sistema, buscando sempre a cooperação e o trabalho harmônico entre as equipes da Polícia Militar e dos agentes penitenciários”, diz Daniel.

A reunião contou com a presença do deputado estadual Dr. Hélio Oliveira (PTC), que destaca a importância da padronização de procedimentos nas unidades prisionais e a política de gestão adotada pela Secretaria de Justiça do Estado voltada à segurança penitenciária, à humanização e à ressocialização.

Fonte: Assessoria