Sem-terra é morto com três tiros em um assentamento

Foi o terceiro homicídio no assentamento Bela Vista neste ano

A polícia de Itamaraju, a 743 km de Salvador, no extremo sul da Bahia, procura o autor dos três tiros que mataram o sem-terra Sirlan Oliveira dos Santos, 22 anos, no assentamento Bela Vista, situado a 35 km da cidade, na noite da última terça-feira.

O local é ocupado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e as informações iniciais dão conta de que a vítima estava em frente à residência onde morava quando dois indivíduos, não identificados, se aproximaram e realizaram os disparos à queima-roupa. Sirlan morreu na hora. Ainda não há suspeitas sobre a motivação do crime.

Foi o terceiro homicídio no assentamento Bela Vista neste ano. No dia 1º de janeiro, Everaldo de Jesus Lopes, 29 anos, teria matado com seis facadas George Silva de Jesus, 36 anos. Ambos eram trabalhadores sem-terra. Uma semana mais tarde, José Silvino de Souza, 71, teria sido morto a pauladas pelo suspeito Reinaldo dos Santos Silva, 48 anos.

Segundo o delegado de Itamaraju, Jean Nascimento, o principal motivo dos crimes estão ligados ao consumo de álcool nos assentamentos. "Eles bebem, discutem e vão pra briga, o que acaba em morte", disse.

Coordenador do MST no extremo sul da Bahia e com residência em Itamaraju, Evanildo Costa não foi localizado pela equipe de reportagem para falar sobre os assassinatos e sobre o consumo de álcool nos assentamentos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br