Sem vagas em celas, presos são algemados a motocicleta em

Os detentos aguardam vagas no sistema prisional para que sejam transferidos

Três presos foram algemados em uma motocicleta na 1ª Delegacia de Polícia de São José, município da região metropolitana de Florianópolis, por falta de vaga nas celas, nesta quinta-feira. Este problema vem se tornando comum em Santa Catarina.

Os policiais precisaram algemar Rodrigo de Souza, 32 anos, André Vargas Pinto, 24 anos, e Guilherme Martins de Almeida, 20 anos, em uma moto que estava no corredor da delegacia. Os detentos aguardam vagas no sistema prisional para que sejam transferidos.

Um dos detidos chegou a ser levado para o Centro de Triagem de Florianópolis, mas acabou sendo obrigado a retornar para a delegacia, onde permaneceu algemado. Os três, presos por furto, foram transferidos para o centro de triagem apenas por volta das 22h de ontem.

A cidade de São José enfrentou problemas na última terça-feira quando a Vigilância Sanitária interditou as celas da 2ª Delegacia de Polícia devido à falta de higiene e superlotação.

A sede do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) é outro espaço na Grande Florianópolis que sofre com a superlotação. Esta semana, 13 detentos permaneciam no local, de acordo com o delegado Renato Hendges. A cela foi feita para apenas quatro pessoas.

Fonte: Terra