Homem pede café para libertar filho, mas mantém  ex refém

Homem pede café para libertar filho, mas mantém ex refém

Sequestro ocorre desde as 7h de quinta (10), em Joaquim Távora, no PR.

O homem que desde a manhã de quinta-feira (10) mantém a família da ex-mulher refém em Joaquim Távora, no norte do Paraná, soltou, por volta das 7h30, o filho de 5 anos. Segundo a Polícia Militar (PM), junto com ele ainda permanece a ex-mulher. No total, cinco pessoas da família da ex-mulher foram rendidos. A cidade tem pouco mais de 10 mil habitantes e fica a 185 km de Londrina.

As outras vítimas foram libertadas entre a manhã e a tarde de quinta-feira. O sequestro já passou de 24 horas na manhã desta sexta-feira.

De acordo com o coronel Nerino Mariano de Brito, o rapaz não dormiu durante a noite e os policiais tentaram negociações de 40 minutos em 40 minutos. A mulher conseguiu dormir e o menino ficou até as 4h jogando videogame com o sequestrador. No início da manhã, ele pediu um café da manhã para a ex-mulher e a polícia negociou o pedido em troca da liberdade do garoto. Depois de algum tempo, o rapaz aceitou, segundo o coronel.

Ainda segundo a PM, o sequestrador está armado com um revólver, uma pistola e uma possível banana de dinamite. Ele mora em Curitiba e trabalha como mototaxista.

O casal já estava separado havia três anos, segundo a polícia. Durante as negociações, ele chegou a afirmar para um tenente que tomou a atitude porque a ex-mulher impediu que ele pudesse ver o filho após o fim do relacionamento.

Às 7h30, mais de trinta policiais da Rotam, COE, Polícia Civil e ambulâncias do Corpo de Bombeiros aguardavam do lado de fora da casa. Uma equipe do esquadrão antibombas de Curitiba também está no local.

Fonte: ODIAONLINE