Sete são presos por embriaguez em operação da PRF

Sete são presos por embriaguez em operação da PRF

Durante quatro dias de feriado de Natal, 40 motoristas foram detidos

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) endureceu a fiscalização nas rodovias do Paraná durante as festas de fim de ano. No primeiro dia da operação no Ano Novo, na quinta-feira (30), os agentes da PRF fizeram 922 testes em rodovias federais. Do total, 11 motoristas foram multados e, entre eles, sete acabaram presos porque estavam acima do limite de 0,30 miligramas de álcool por litro de ar assoprado.

A fiscalização vai até o retorno do feriado de réveillon, no dia 2 de janeiro.

O chefe do Departamento de Comunicação Social da PRF do Paraná, Fabiano Moreno, explicou que o limite permitido é até 0,10 miligramas de álcool por litro de ar assoprado. ?O motorista pego entre 0,11 e 0,29 miligramas de álcool por litro de ar assoprado recebe multa e tem a carteira apreendida. Acima disso, ocorre a prisão em flagrante por crime de trânsito?, disse.

Durante as comemorações de Natal, entre 23 e 26 de dezembro, a Polícia Rodoviária fez 3.216 testes de bafômetro. Do total, 85 condutores foram reprovados e multados e, entre eles, 40 foram presos.

?No Natal, houve um motorista reprovado a cada 44 que fizeram os testes. No primeiro dia da operação no Ano Novo, nós já tivemos uma redução para um condutor reprovado para cada 83 testes. O número de motoristas flagrados embriagados nas estradas federais reduziu quase pela metade em função do aumento da fiscalização?, afirmou.

Dados de 2010

Segundo dados da PRF, foram registrados 1.064 acidentes causados por motoristas embriagados de 1º de janeiro até 26 de dezembro de 2010 nas rodovias federais. No total, 1.774 veículos foram envolvidos, 42 pessoas morreram e 196 ficaram gravemente feridas.

?Em 80% dos acidentes com motoristas embriagados, outro motorista acabou envolvido. Isso mostra que eles são um risco não só à própria segurança, mas também para outras pessoas que usam o sistema de trânsito?, disse.

A operação de combate à embriaguez ocorre em parceria com a Polícia Militar, que vigia as estradas estaduais, e com o órgão responsável pela fiscalização do trânsito em Curitiba. Os dados serão consolidados na segunda-feira (3).

Fonte: g1, www.g1.com.br