Só queria ter matado um, diz rapaz que degolou 7 pessoas

Só queria ter matado um, diz rapaz que degolou 7 pessoas

Com ar cansado, um olho roxo e a barba por fazer, Alves está preso sozinho em uma cela

O jovem Aparecido Souza Alves, 23, afirmou em entrevista à Folha que matou e degolou sete pessoas na pequena cidade de Doverlândia, no oeste de Goiás, porque queria roubar o dono da fazenda, seu ex-patrão. "Já tinha matado um, tive de acabar com o serviço", afirmou.

A versão de que os crimes foram cometidos por "ganância", como ele mesmo diz, é mais uma que o desempregado dá para o crime. À polícia já havia apresentado oito versões diferentes --em uma, disse ter sido contratado pelo futuro sogro de Leopoldo, filho do pecuarista, que também foi morto.

Com ar cansado, um olho roxo e a barba por fazer, Alves está preso sozinho em uma cela da Delegacia de Homicídios de Goiânia. Ele foi transferido porque moradores de Doverlândia queriam linchá-lo.

Fonte: Folha