Sobrinho-neto de Michel Temer foi vítima de emboscada, diz polícia

A bala atravessou a porta do motorista e atingiu o tórax de Tamer, que tentou fugir e perdeu o controle da direção do veículo

O sobrinho-neto do vice-presidente do Brasil, Michel Temer, foi morto nesta quarta-feira por criminosos após uma emboscada no interior de São Paulo. Antônio Romano Tamer Schincariol, 34 anos, foi baleado dentro de seu carro, um Fiat Strada, no bairro Vila Fiori, em Tietê, região de Sorocaba. Conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, ele saía do pátio da empresa em que trabalha quando foi abordado por homens que estavam de campana.

A bala atravessou a porta do motorista e atingiu o tórax de Tamer, que tentou fugir e perdeu o controle da direção do veículo, colidindo contra um outro carro que estava estacionado. O Corpo de Bombeiros foi acionado e a vítima foi encaminhada para a Santa Casa da cidade ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Tamer é filho de uma sobrinha de Michel Temer e residia na cidade de Tietê, região de Sorocaba.

Foram encontrados e apreendidos dentro do carro da vítima tabletes de maconha, uma agenda, cartões de crédito, celulares e uma CNH falsa. O caso será investigado pela Polícia Civil e ninguém foi preso até o fim da tarde de hoje.

Fonte: Terra