Soldado do exército é morto por tiro acidental dado por colega

A vítima foi ferida por arma de fogo na região torácica e chegou a ser socorrida ao Hospital da Aeronáutica, em Piedade, Jaboatão dos Guararapes.

Um soldado do 4º Batalhão de Polícia do Exército, de 19 anos, foi morto pelo colega de trabalho no sábado (12). A vítima foi ferida por arma de fogo na região torácica e chegou a ser socorrida ao Hospital da Aeronáutica, em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, sendo em seguida transferida para o Hospital da Restauração, no Derby, no Recife, onde passou por procedimento cirúrgico. O soldado não resistiu e faleceu, por volta das 18h, após uma parada cardiorrespiratória.

O incidente aconteceu por volta das 6h do sábado, quando o soldado estava largando do plantão na guarda do Edifício 19 de abril, na Avenida Boa Viagem, no bairro de mesmo nome, na zona sul do Recife. O edifício é residencial, onde moram os oficiais generais do Comando Militar do Nordeste. O colega chegou para rendê-lo e, enquanto se aprontavam para a troca do plantão, a arma teria disparado acidentalmente.

O corpo do soldado foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, onde aguarda a liberação.

Um inquérito policial militar já foi aberto. O soldado que efetuou o disparo está detido no 4º Batalhão da Polícia do Exército, à disposição da Justiça Militar. A investigação será conduzida pelo Exército, de acordo com o departamento de Comunicação Social do Comando Militar do Nordeste.

Fonte: G1