SP: Jovens são presos suspeitos de racismo e agressão a negros

Os suspeitos foram presos em seguida pelos policiais, que os conduziram ao 5º Distrito Policial, na Aclimação, onde o caso foi registrado

Cinco jovens foram presos pela Polícia Civil em São Paulo por suspeita de racismo e agressão a negros na região central da capital durante a madrugada deste domingo (3). A informação é da assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo.

Segundo a secretaria, junto com os suspeitos, que têm idades entre 18 e 21 anos, também foram apreendidos um facão, um machado, quatro punhais, três jaquetas e uma camiseta com a inscrição em inglês "White Pride" (orgulho branco, na tradução para o português).

De acordo com a Secretaria da Segurança, policiais civis da 1ª Delegacia Seccional passavam de carro pela Rua Vergueiro, na região da Aclimação, quando um homem de 34 anos acenou pedindo ajuda por volta da 1h deste domingo. Ele disse que tinha sido agredido por um grupo de jovens, que também bateram em mais três de seus amigos.

Os suspeitos foram presos em seguida pelos policiais, que os conduziram ao 5º Distrito Policial, na Aclimação, onde o caso foi registrado.

Um estudante de 21 anos de idade e um orientador socioeducativo de 19, que são negros, manifestaram o desejo de representação pela injúria racial contra os suspeitos. Os presos foram indiciados por tentativa de homicídio, formação de quadrilha e injúria racial. Eles permanecerão presos à disposição da Justiça, segundo a Secretaria da Segurança.

O G1 não teve acesso aos suspeitos. De acordo com a secretaria, os presos ainda não constituíram advogados para defendê-los das acusações.

Fonte: G1