Steven Seagal é acusado de assédio sexual

Segundo a acusação, Seagal usou o site de classificados "Craigslist" para contratar uma assistente pessoal

O ator Steven Seagal foi acusado por uma jovem de 23 anos de assédio sexual e tráfico de mulheres para fins de exploração sexual, entre outros supostos crimes, informou hoje a imprensa americana.

A responsável pelas acusações é a ex-modelo Kayden Nguyen, sua antiga assistente pessoal. Os documentos judiciais sustentam que Seagal tratou a jovem como "seu brinquedo sexual" e que o ator mantinha entre seus funcionários duas assistentes russas que satisfaziam suas necessidades sexuais "24 horas ao dia, sete dias por semana".

Nguyen garante que foi testemunha de como Sasha (uma das assistentes russas) e o ator "realizavam atos sexuais entre eles".

Tudo isso teria acontecido enquanto Seagal trabalhava como policial assistente na paróquia civil (condado) de Jefferson, no estado americano da Louisiana, algo que o ator documentou no reality show "Steven Seagal Lawman", do canal "A&E".

Segundo a acusação, Seagal usou o site de classificados "Craigslist" para contratar uma assistente pessoal que também aparecesse nesse programa.

Nguyen foi contratada em Los Angeles e foi para Louisiana, no sudeste dos Estados Unidos, para participar do reality show.

Na primeira noite de trabalho, Seagal abusou fisicamente de Nguyen e as coisas foram piorando paulatinamente, como detalham os documentos judiciais de forma gráfica.

Poucos dias depois, Nguyen abandonou a casa onde trabalhava.

Steven Seagal está no elenco de "Machete", o novo filme de Robert Rodríguez, ao lado de Jessica Alba, Danny Trejo e Michelle Rodriguez.

Fonte: Terra