Sub-comandante do BOPE dá dicas de como evitar assaltos

Sub-comandante do BOPE dá dicas de como evitar assaltos

A primeira e mais importante dica, segundo ele, é a pessoa ter em mente que pode sim se tornar uma vítima

O sub-comandante do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), major James conversou com o meionorte.com e passou dicas para se evitar assaltos. A primeira e mais importante dica, segundo ele, é a pessoa ter em mente que pode sim se tornar uma vítima.

Segundo ele, estatísticas mostram que assaltos pequenos são os que mais acabam de forma trágica, e a melhor forma de evitá-los é ficar atento. O major usou como exemplo uma situação em que, em uma parada de ônibus, a pessoa vê três homens se aproximando. O melhor a fazer seria sair de perto. ?Se percebendo uma possível ameaça, essa seria uma medida reativa no momento certo?, comentou. ?O assaltante quer fazer o assalto e sair dali, para garantir o roubo. Por isso, eles procuram pessoas desatentas?, disse o major James.

Mas reagir ao assalto depois de ter sido surpreendido é sempre um erro, para o militar. ?Se você já foi surpreendido, a chance de reagir com sucesso é quase zero?, afirmou. Mesmo em casos em que o assaltante é franzino, pequeno, em que a vítima pode acreditar que tem chance de escapar do assalto reagindo, a chance ainda é mínima. ?O assaltante simples, novato, está tão nervoso quanto a vítima. Por isso que não se pode esboçar qualquer reação?, disse o major James.

Outra dica vai para os que andam de carro. Dentro de um veículo, a vítima está confinada, e é portanto um alvo fácil para os bandidos. ?Por isso, se for parar para abastecer, desça do carro e espere?, disse. Já para estabelecimentos como lojas ou bares, onde os atendentes também se vêm encurralados, o major aconselha investir em câmeras e vigilantes. ?O dono de loja não pode esperar só pelo estado para prover sua segurança?.

Fonte: Andrê Nascimento