Suspeito de abusar sexualmente de menores, ex-secretário é denunciado no Ministério

O acusado foi preso em um motel com três menores e ia pegar R$100 por sexo com elas

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado de São Paulo (Gaeco), ligado ao Ministério Público, denunciou na tarde desta sexta-feira (28) o ex-secretário de Administração de Sorocaba, no interior de São Paulo, pelos crimes de atentado violento ao pudor e por submeter à prostituição crianças e adolescentes menores de 18 anos. Se condenado, ele pode pegar até 30 anos de prisão.

Segundo a polícia, o suspeito foi preso em flagrante no sábado (15) em um motel da cidade, distante 99 km da capital, com outras três adolescentes, uma de 15 anos e duas de 14 anos. Aos policiais, elas contaram que receberiam R$ 100 para manter relações sexuais com o suspeito.

O suspeito foi exonerado do cargo dois depois de ser flagrado no motel com as garotas. Em depoimento, outras seis menores teriam confirmado ter feito programas com ele. Uma delas tem apenas 12 anos. O advogado do ex-secretário tem dez dias para apresentar a defesa.

Fonte: g1, www.g1.com.br