Suspeito de assassinar o próprio filho e ferir outro é capturado

Suspeito de assassinar o próprio filho e ferir outro é capturado

O homem levou os políciais até o local onde estaria escondida a arma. Os policiais encontraram o objeto e levaram para a Delegacia de Arcoverde.

Um homem de 59 anos procurado pela Polícia Civil de Pernambuco, por ser suspeito de assassinar seu filho e ferir outro na cidade de Arcoverde, no Sertão do estado, foi preso na terça-feira (24). Ele estava escondido em uma casa em Petrolina, também no Sertão, a 450 km do local do crime. Segundo informações da polícia, o suspeito teria confessado o homicídio.

O crime aconteceu no último dia 16 de abril, por conta de uma briga envolvendo um imóvel na cidade. De acordo com a polícia, há oito anos que a discussão envolvia a família. Os filhos não queriam vender a casa, enquanto o pai queria sua parte no valor da construção. Após ser encontrado pelos policiais em Petrolina, o suspeito contou que escondeu a arma do crime em um matagal na cidade de Salgueiro, no Sertão.

O homem levou os políciais até o local onde estaria escondida a arma. Os policiais encontraram o objeto e levaram para a Delegacia de Arcoverde. De acordo com o delegado Carlos Velozo, responsável pelo caso, o suspeito contou que teria agido para se defender dos filhos. "Ele alegou que os filhos partiram pra cima dele para ferí-lo com uma faca e por isso atirou. O que não tem indício de verdade, porque a vítima que sobreviveu levou um tiro nas costas. Como uma pessoa que vai atingir o outro com uma faca leva um tiro nas costas? Não tem sentido", relatou.

Entenda o caso

O homem preso é suspeito de assassinar Alisson Deivid de Queiroz, de 20 anos, e ferir Dênis Lopes de Queiroz, de 27. A mãe dos jovens, Dejanira Lopes de Queiroz, estava em casa no momento do crime e ainda tentou socorrer os filhos. Ela contou que ouviu o barulho dos tiros e que ainda viu Alisson cair no chão. Vizinhos teriam visto o pai das vítimas saindo da casa com uma arma.

De acordo com a polícia, o suspeito morava em Goiás e teria voltado a Arcoverde para buscar a parte dele, em dinheiro, do imóvel. Alisson Deivid de Queiroz ainda foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: G1