Suspeito de assassinato de turista gaúcha no Paraguai é preso no Brasil

Conforme uma denúncia à polícia, Canales Junior teria envolvimento na morte da gaúcha

Um suspeito de envolvimento na morte da turista gaúcha Noiara Elisabete Bonatto de Souza, 26 anos, foi preso pela Polícia Civil do Paraná em Foz do Iguaçu, na quarta-feira. Segundo o delegado Getúlio Vargas, havia um mandado de prisão preventiva por roubo contra o brasileiro Edson Canales Junior, 22 anos, decretado pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Marília (SP). Noiara foi baleada enquanto atravessava a Ponte da Amizade, no Paraguai, no dia 12 de janeiro. As informações são do jornal Zero Hora.

Conforme uma denúncia à polícia, Canales Junior teria envolvimento na morte da gaúcha. "Enviamos a foto dele para as testemunhas, e o namorado da vítima deve comparecer pessoalmente à delegacia para fazer o reconhecimento", explicou Vargas. De acordo com ele, as primeiras pessoas que responderam à solicitação afirmaram não conhecer o suspeito. A polícia aguarda um retrato falado do homem que atirou em Noiara, solicitado há mais de 15 dias aos colegas da polícia gaúcha.

Fonte: Terra