Suspeito de espancar filho porque ele não quis cortar cabelo é preso no Rio

Resultado de necrópsia apontou dilaceração do fígado e hemorragia interna.

Foi preso na Zona Oeste do Rio um homem de 34 anos suspeito de espancar, até a morte, o próprio filho de 8 anos. De acordo com a Polícia Civil, a Justiça determinou a prisão temporária de Alex André Moraes Soeiro depois que ele confessou ter batido no menino. À autoridade policial, o suspeito alegou que o garoto se recusou a cortar o cabelo para ir ao colégio e, por isso, foi agredido.

Segundo a Polícia Civil, o menino deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Kennedy, em Bangu, na noite desta segunda-feira (17), mas já estava morto. Ele apresentava sinais de agressão e a equipe médica acionou a polícia.

O corpo do garoto foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). De acordo com a Polícia Civil, o laudo de necropsia apontou que o ele morreu em decorrência de hemorragia interna e dilaceração do fígado.

Ainda segundo a Polícia Civil, ao ser interrogato, o pai do garoto relatou que agredia o filho com frequência, alegando que se tratava de uma criança desobediente.

Fonte: G1