Suspeito de estuprar e matar a sobrinha com 20 facadas é preso

Suspeito de estuprar e matar a sobrinha com 20 facadas é preso

Gilmar Batista da Cunha é acusado de matar a própria sobrinha, uma menina de 9 anos.

A crueldade de Gilmar Batista da Cunha, de 38 anos, impressionou até a polícia. Ele matou Karine Rodrigues da Rocha, de nove anos, com aproximadamente vinte facadas. O corpo ainda foi escondido embaixo da cama dela. Para a polícia, o crime foi premeditado.

?A menina estava sozinha em casa, e ele se aproveitou desse fato. Entrou na casa sem ela franquear a entrada, tentou e conseguiu praticar os atos libidinosos com ela, já estava portando a faca que trouxe de casa, e em seguida esfaqueou a menina com vários golpes.? Disse o delegado Allan Duarte.

Sem mostrar remorsos, o suspeito voltou para casa, trocou de roupa e voltou a rotina normal. Ao suspeitar de Gilmar, os moradores tentaram linchar o acusado, que foi socorrido pela polícia com ferimentos na cabeça. Na delegacia, ele confessou o crime.

O delegado Allan Duarte disse ainda que tinha uma rixa com os pais da vítima e que agiu motivado por vingança. Na Divisão de Homicídios da Polícia Civil, os pais da vítima confirmaram os desentendimentos com o preso. A mulher de Gilmar também prestou depoimento e reconheceu a arma do crime. O acusado alegou que estava alcoolizado.

Gilmar será indiciado por estupro de vulnerável e homicídio duplamente qualificado, e pode pegar até 60 anos de prisão.

Fonte: UOL