Suspeito de matar a ex em pet shop é preso

Suspeito de matar a ex em pet shop é preso

PMs o encontraram Rua Demóstenes, no Campo Belo, perto do 27º DP

O principal suspeito de assassinar, no dia 8, a ex-mulher dentro de um pet shop em Moema, na Zona Sul de São Paulo, foi abordado por policiais militares, por volta das 11h30 desta quinta-feira (14), na Rua Demóstenes, no Campo Belo, também na Zona Sul, a poucos metros do 27º DP, que fica na mesma rua.

Ele estava na companhia da mãe e da irmã, com quem não se encontrava desde o dia do crime. Ao ver a chegada da polícia, a mãe dele passou mal e foi socorrida pelos PMs. O suspeito portava uma faca de cozinha, aparentemente nova, porém não se sabe ainda se essa foi a mesma utilizada no crime, afirma a polícia.

O advogado Élio dos Santos Mendonça disse que a intenção do seu cliente era se entregar à polícia. ?Ele estava vindo se entregar espontaneamente?, disse. Quando questionado se ele praticou o crime, o advogado declarou que o suspeito ?não falou a esse respeito? com ele.

O suspeito não quis conversar com a imprensa. O seu padrasto, que pediu para não ser identificado, disse que o enteado está muito abalado. ?Ele está muito abalado. Nós ficamos sabendo do que aconteceu pela TV?, afirmou.

A ex-mulher do rapaz foi atacada em um pet shop, localizado na região da Indianópolis. Testemunhas disseram que o suspeito invadiu o estabelecimento e feriu a vítima. Ela foi ferida no pescoço e nas costas. Ela foi levada para o hospital São Paulo, mas não resistiu.

Fonte: g1, www.g1.com.br