Suspeito de matar cearenses é preso no Distrito Federal

Ainda segundo a polícia, em 2007, o rapaz de 21 anos havia assassinado um cabeleireiro

Um homem que a polícia diz ter uma "aversão a cearenses" foi preso nesta segunda-feira (8), em Samambaia, cidade próxima a Brasília, acusado de ser o responsável pela morte de quatro homens -dois deles nascidos no Ceará.

Segundo informações da Polícia Civil do DF, no mês passado, o ?serial killer? de cearenses matou dois homens nascidos em Samoeiro (CE). A "raiva" começou depois que um amigo do acusado foi morto por um rival, que também teria nascido no Ceará.

Ainda segundo a polícia, em 2007, o rapaz de 21 anos havia assassinado um cabeleireiro porque não teria gostado do corte de cabelo. No mesmo ano, um menor também foi morto por ele, afirmam os policiais.

Ele foi condenado pelos crimes, mas estava em prisão domiciliar desde 2008, o que deixou os moradores de Samambaia assustados. Vizinhos relataram que o acusado planejava invadir as casas da redondeza em busca de novas vítimas nascidas no Ceará. Alguns moradores foram embora da região temendo a ação do sujeito.

De acordo com a polícia, o suspeito não teria gostado do jeito que a primeira vítima estava dançando em uma festa e, por isso, a teria matado. A segunda pessoa foi morta com cinco tiros. O acusado vai responder pelos homicídios e pode pegar até 30 anos de prisão.

Fonte: g1, www.g1.com.br