Homem suspeito de matar filha da namorada diz que fez "malvadeza"

Homem suspeito de matar filha da namorada diz que fez "malvadeza"

Garota de 18 anos foi encontrada morta em Rio Negro (PR) na terça (1º).

O delegado Sérgio Luiz Alves, da delegacia de Rio Negro , na Região Metropolitana de Curitiba, afirmou nesta sexta-feira (4) que José Ademir Radol, suspeito de matar a estudante Aline Moreira, de 18 anos, não resistiu à prisão. Radol era namorado da mãe de Aline. O homem foi preso na casa da irmã, de acordo com a Polícia Civil do Paraná, nesta sexta, em Santa Cecília (SC). ?Um grupo grande de policiais cercou o local. Ele não reagiu nem tentou fugir. Ele estava dentro do quarto no momento da prisão?, disse o delegado.

O corpo de Aline foi encontrado na terça-feira (1º). Ela morava com a mãe em Mafra (SC) e pegou carona com o namorado da mãe na sexta-feira (27) porque precisava ir a Curitiba para um compromisso, quando desapareceu. Segundo o delegado, a dupla foi vista por um pescador em um matagal da região de Rio Negro, pouco antes do crime. "A testemunha que visualizou os dois contou à polícia que cerca de uma hora depois viu só o rapaz no mesmo local e que ele tentava esconder o rosto", acrescenta.

O delegado explicou que recebeu informações de que o suspeito tinha parentes na cidade catarinense. Em contato com a polícia de Santa Catarina, ele conseguiu o endereço. ?Fomos para lá hoje de manhã com o mandado de prisão. Primeiro, fomos a três diferentes endereços, mas o encontramos em um quarto endereço, que era o mais próximo à cidade?.

Fonte: G1