Suspeito de estuprar e matar filha da namorada, mecânico é encontrado morto dentro de cela

Suspeito de estuprar e matar filha da namorada, mecânico é encontrado morto dentro de cela

De acordo com a polícia, o suspeito se enforcou com uma tereza, corda feito com lençóis.

O mecânico José Ademir Radol, 48, principal suspeito de matar a filha adolescente de sua namorada, foi encontrado morto na noite de sexta-feira (4) dentro da cela na Delegacia de Rio Negro (PR), informa a corporação.

De acordo com a polícia, o suspeito se enforcou com uma tereza, corda feito com lençóis, nas grades da porta cerca de três horas depois de ser colocado junto com outros três presos na cela de seguro, como é chamada a ala que abriga suspeitos de crimes sexuais, homicídios e outros delitos considerados mais graves.

Segundo o investigador Luis Ribeiro, Radol foi detido por volta das 16h de sexta-feira, em Santa Cecília, a 150 km do município, mas só foi enviado às 20h para a cela ? nesse período, ele prestou depoimento sobre a morte da estudante Aline Moreira, 18, e depois fez exame de corpo de delito.

Às 23h, diz a polícia, o delegado do caso ouviu gritos vindos dessa ala e, logo em seguida, encontrou o mecânico enforcado. O Corpo dos Bombeiros foi chamado, mas os oficiais constataram óbito no local, sem tempo para levá-lo para o hospital. O corpo, então, foi enviado ao IML por volta das 2h de sábado.

Fonte: UOL