Suspeito de matar policial é preso após denúncia de seus pais

Suspeito de matar policial é preso após denúncia de seus pais

PM Diego Bruno Barbosa Henriques fazia patrulhamento de rotina a pé na Favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio, quando foi morto


Suspeito de matar policial militar é preso após denúncia dos próprios pais

Pai e mãe de um dos suspeitos de matar o policial militar Diego Bruno Barbosa Henriques, na Rocinha, na última quinta-feira, foram à 14ª DP (Leblon) no fim da madrugada desta segunda-feira pedir que os policiais prendessem o filho. Rafael da Silva de Barros, de 18 anos, foi encontrado na Praia de Botafogo, na altura da Casa e Vídeo, na Zona Sul do Rio. Ele está preso na delegacia.

No sábado, a Divisão de Homicídios (DH/Capital) havia divulgado as fotos dos dois suspeitos de terem assassinado o PM. O delegado da Divisão de Homicídios, Rivaldo Barbosa, afirmou que já foi expedido o mandado de prisão contra Rafael da Silva de Barros, e de outro suspeito de participação no crime, Ronaldo Azevedo Oliveira da Cunha, de 24 anos.

Também no sábado, cerca de 40 policiais da DH realizaram uma operação na Favela da Rocinha para tentar encontrar os acusados. Mas os trabalhos foram encerrados no início da tarde do mesmo dia sem que eles fossem localizados.

O PM Diego Bruno Barbosa Henriques fazia patrulhamento de rotina a pé na Favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio, na noite de quinta-feira, quando foi morto. O soldado foi morto faltando uma semana para a inauguração da UPP da Rocinha, com um tiro no rosto. A inauguração da UPP da Rocinha está prevista para a próxima quinta-feira. A unidade terá o efetivo de 700 policiais.

Fonte: Extra