Suspeito de roubo e estupro é preso após voltar à casa da vítima

"Eu estava sozinho e veio besteira na cabeça, aí eu fiz."

Maurício da Costa Vieira Amaral, de 25 anos, foi preso após voltar ao local onde roubou e estuprou uma advogada de 40 anos. O crime aconteceu no dia 26 de fevereiro deste ano, na Ilha do Boi, área nobre de Vitória (ES).

Segundo a Polícia Civil, investigadores passaram a vigiar o local do crime todos os dias, no mesmo horário, partindo da ideia de que o criminoso sempre retorna ao local. 

Durante entrevista à imprensa, Amaral negou parte das acusações, como a suspeita de que ele vigiava a vítima antes de cometer os crimes.

Ao falar sobre o que o teria levado a cometer tamanha atrocidade, o suspeito afirmou que foi uma besteira: "Eu estava sozinho e veio besteira na cabeça, aí eu fiz."

Suspeito de estupro é preso após voltar à cena do crime (Crédito: Reprodução)
Suspeito de estupro é preso após voltar à cena do crime (Crédito: Reprodução)


As câmeras de segurança flagaram o momento em que a vítima passa conversando no celular e, na sequência, Amaral a segue de bicicleta.

A polícia chegou até o suspeito após verificar as imagens. Em depoimento, Amaral assumiu a autoria do crime e contou como tudo aconteceu: "Vi um bequinho e chamei ela para ir lá, como ela se negou a agarrei. Então, mandei ela baixar a roupa"

Na casa do suspeito foram encontradas as roupas que ele usava no dia do crime e uma arma calibre 22, a qual a polícia acredita que tenha sido usada para intimidar a vítima.

Fonte: Com informações do R7