Suspeito de ter matado menino por causa de telhas quebradas é preso

Homem de 55 anos era vizinho da vítima e foi localizado em Garanhuns, PE. Crime aconteceu 6ª feira; garoto foi socorrido, mas não resistiu às facadas

Foi preso neste sábado (1º), em Garanhuns, no Agreste pernambucano, o homem de 55 anos suspeito de matar a facadas o garoto Cauã Lucas da Silva Santana, 10 anos, em Camaragibe, no Grande Recife, na última sexta-feira (31). A informação foi confirmada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que já enviou uma equipe à cidade. Os policiais devem voltar ao Recife, com o suspeito, ainda neste sábado.

O garoto foi morto depois que a bola com que jogava futebol com os amigos ter acertado o telhado e quebrado algumas telhas da casa de um vizinho da avó dele. Andréa Julia da Silva Santana lembra que o filho estava jogando futebol com os primos, em um campinho que fica por trás da casa da avó dele. Durante o jogo, a bola acertou o telhado da casa do vizinho e quebrou algumas telhas. Segundo testemunhas, o homem teria ficado com muita raiva e ameaçado furar a bola.

Momentos depois, quando Cauã se abaixou para amarrar o tênis, os primos viram o vizinho se aproximar do garoto e pensaram que ele estava batendo no menino. Apenas quando o homem se afastou foi que todas as crianças viram que ele estava sangrando no abdomen. A mãe não acreditou quando a filha chegou avisando do ocorrido. "Ela gritou "Mainha, mainha, um homem esfaqueou o Cauã". Pensei que era história, uma brincadeira. Só quando vi ele vindo pedir socorro, sangrando muito, foi que eu acreditei", contou Andréa Julia.

Cauã foi socorrido para a UPA da avenida Caxangá, na capital, mas não resistiu aos ferimentos. "Os vizinhos ficaram com muita raiva e destruíram a casa dele toda", disse Andréa Julia. O velório de Cauã Santana acontece no Cemitério de Camaragibe. O enterro está marcado para as 17h.

Fonte: G1