Suspeito de tráfico diz ser 'fã' de maconha e debocha na delegacia

O suspeito disse ser 'fã' de maconha, mas negou o crime

A Polícia prendeu, nesta terça-feira (7), dois suspeitos de tráfico de drogas, em Uberlândia, no Triângulo Mineniro. Com eles foram encontrados 12 pinos de cocaína, porçado de maconha e dinheiro. Mas, a dupla nega a posse da droga ou qualquer envolvimento com o crime.

Ao ser preso, um dos suspeitos, segundo a polícia, parecia que estava sob efeito de alguma droga e assumiu "amar" maconha mostrando um desenho de uma folha da erva tatuado no braço, mas negou a semelhança.

— É folha de macaxeira.

Ao ser informado que a droga que disse amar ser o motivo de ter sido levado para a cadeia, o suspeito discordou.

— Não é ela [maconha], [o motivo] não. Quem tá me levando é os 'puliça'. (sic)

Ainda segundo o suspeito, ele é inocente no que diz respeito ao tráfico e não sabe de quem é a droga apreendida.

— Eles acharam no chão lá. Eu tava beirando, fazer o que? Minha, né não. Nunca foi. (sic)

Rindo da situação e cantando para a reportagem, o preso ainda pediu ajuda de advogados. 

- Cadê o Direitos Humanos? É que nóis é pobre, mano. (sic)


Suspeito fã de 'maconha' debocha na cadeia
Suspeito fã de 'maconha' debocha na cadeia


Fonte: r7