Suspeito de tráfico é preso em mansão no Rio de Janeiro

A polícia acredita que Quizumba pertencia a uma quadrilha de roubo de carros

Um suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas foi preso por volta das 9h desta sexta-feira (29) num condomínio de luxo em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio. As informações foram confirmadas pelo titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), delegado Márcio Mendonça, que coordenou a operação para prender o suspeito conhecido como Quizumba.

O preso, segundo o delegado, tem fama de ser violento. "Temos informações de que ele matou um bombeiro só porque descobriu que o cara era bombeiro e uma criança de 1 ano num assalto".

A polícia acredita que Quizumba pertencia a uma quadrilha de roubo de carros do conjunto de favelas do Alemão, que atuava em Bonsucesso, no subúrbio, e seria ex-cunhado do traficante Antônio José Ferreira, o Tota , apontado como o chefe do tráfico do Alemão e um dos principais traficantes do Rio. Era Tota quem dava autorização para Quizumba praticar os roubos na região.

O suspeito, que estava foragido desde 2005, foi encontrado em casa, uma mansão, com TV de plasma de mais de 50 polegadas, e churrasqueira no interior do imóvel. Contra ele há três mandados de prisão e várias anotações criminais, segundo a polícia.

Fonte: g1, www.g1.com.br