Suspeitos confessam em depoimento terem matado primo do goleiro Bruno, Sérgio Rosa

Suspeitos confessam em depoimento terem matado primo do goleiro Bruno, Sérgio Rosa

Sérgio Rosa Sales teria sido executado porque assediava a mulher um traficante

Os dois suspeitos que prestaram depoimento durante a madrugada desta terça-feira na Corregedoria de Polícia Civil em Belo Horizonte confessaram ter matado Sérgio Rosa Sales, primo do goleiro Bruno. Segundo a versão dos dois, o primo do goleiro teria sido morto porque estaria assediando a mulher de um traficante da região.

Os envolvidos se apresentaram na noite de ontem (3), acompanhados de um advogado. Durante o depoimento, eles alegaram ainda que Sales tinha o costume de mostrar o órgão sexual para a mulher do traficante todos os dias. O traficante então, teria contratado um homem para praticar a execução.

A identificação dos envolvidos está sendo mantida sob sigilo pela Corregedoria. Eles foram ouvidos e liberados, já que a Justiça não expediu mandado de prisão provisória. Um deles passou pelo Instituto Médio Legal, onde fez o exame de corpo de delito. A previsão é que os dois se reapresentem na Corregedoria às 9h desta terça-feira (4).

Sales era testemunha chave no caso do desaparecimento da ex-modelo Eliza Samudio. Ele foi morto com seis tiros no momento em que saía de casa, no bairro Minaslândia, região norte de Belo Horizonte, no dia 22 de agosto. Dois homens em uma motocicleta o perseguiram e atiraram, fazendo com que Sales caísse há três quarteirões de casa.

Fonte: r7