Suspeitos de matar cobrador foram liberados por falta de provas

Suspeitos de matar cobrador foram liberados por falta de provas

O assassinato de Aluízio Brito aconteceu no bairro São Joaquim, zona Norte de Teresina

Dois suspeitos de serem os autores da morte do cobrador de ônibus Aluízio Brito, foram liberados por falta de provas nesta terça-feira, 11. De acordo com o chefe de investigação do 7º DP o delegado de plantão entendeu que não havia provas o suficiente contra os dois, mas afirma que o caso vai continuar sendo investigado.

Dois jovens foram presos na noite da última segunda-feira, 10, após a divulgação das imagens da câmera de segurança de um estabelecimento comercial que flagrou a passagem de três jovens na rua onde a vítima foi assassinada.

Os suspeitos foram levados para a Central de Flagrantes no mesmo dia. O assassinato de Aluízio Brito aconteceu no bairro São Joaquim, zona Norte de Teresina, no cruzamento das ruas Rui Barbosa e Anízio Pires.

As imagens não mostram o assassinato, mas mostram a vítima fazendo caminhada às 05h13, como era seu hábito diário, e os suspeitos sem camisa, logo após o assassinato. Os acusados fugiram após matarem o cobrador a facadas.

Enquanto isso, prosseguem as investigações!

Fonte: Denison Duarte