Suspeitos de matar e queimar estudante são presos no Rio

A vítima foi espancada até a morte e teve o corpo queimado

Dois homens foram presos nesta quinta-feira suspeitos de matarem o estudante Fábio Soares de Souza na boate Bar do Povo, na rua das Lebres, em Unamar, Cabo Frio (RJ). A vítima foi espancada até a morte e teve o corpo queimado. O crime aconteceu em abril deste ano.

O comerciante e proprietário da boate onde ocorreu o crime, Waldir dos Santos Júnior, e o estudante Raphael Fernandes Chagas foram levados para a 126ª Delegacia de Polícia (Cabo Frio).

De acordo com o delegado Daniel José Bandeira, a investigação durou dois meses. Os agentes localizaram também dois adolescentes de 17 anos suspeitos de participaram do crime.

Fonte: Terra, www.terra.com.br