Suzane Richthofen dá endereço errado após saída do Dia das Mães

Ela foi beneficiada, mas deu endereço falso e foi recapturada.

Suzane Von Richthofen deixou a prisão na última quarta-feira para passar o feriado de Dia das Mães, mas uma polêmica envolveu a presidiária. Suzane que foi condenada a 39 anos de prisão em regime semiaberto pela morte dos pais foi liberada mas informou o endereço errado para a Justiça. Por conta disso, a acusada prontamente voltou para a penitenciária feminina de Tremembé, em São Paulo, dois dias antes do previsto.

A saída de Suzane foi autorizada pela Justiça com apoio do Ministério Público, no termo dizia que a mulher deveria voltar para a penitenciária na próxima terça-feira. De acordo com uma reportagem exibida neste domingo, Suzane assinou um termo de compromisso e nele dizia que iria ficar na casa de um amigo em Angatuba (350 km da penitenciária).

Porém, no endereço dado por Suzane funciona uma loja de tecidos e os proprietários afirmam não ter visto a jovem. Antes da loja, no local funcionava uma farmácia cuja dona é irmã de uma presa da mesma penitenciária da acusada. Suzane foi localizada e voltou para a penitenciária antes da data marcada. Com essa atitude, ela poderá perder benefício de saídas temporárias e regressas para o regime fechado.

Suzane Von Richthofen (Crédito: Reprodução)
Suzane Von Richthofen (Crédito: Reprodução)


Fonte: Zero Hora