Taxista é assassinado com dois tiros no Dirceu

Após efetuarem os disparos, os suspeitos empreenderam em fuga

O taxista Pedro Manoel de Oliveira Neto, de 37 anos, foi assassinado com dois tiros de revólver, que atingiram a barriga e o braço, às 2h da madrugada desta segunda-feira (22), na Avenida Joaquim Nelson, no conjunto Dirceu, na zona Sudeste de Teresina.

A Delegacia de Homicídios apurou que a vítima estava em movimento levando dois passageiros no momento em que foi abordado por dois homens em uma motocicleta e efetuaram vários disparos contra o veículo, atingindo o taxista e um dos passageiros, que seria o alvo dos criminosos.

Os agentes da Polícia Civil afirmam que os bandidos queriam matar um jovem identificado apenas como Renan, de 18 anos, que estava dentro do táxi. A polícia investiga se o rapaz tem passagem pela polícia.

O táxi atingido é um veículo modelo Prisma, de placas PIH-9599. Um perito do Instituto de Criminalística da Secretária Estadual de Segurança, vai realizar perícia no veículo e buscar possíveis digitais dos suspeitos pelo crime.

Após efetuarem os disparos, os suspeitos empreenderam em fuga e ainda não foram localizados. Uma equipe do IML (Instituto Médico Legal), foi até o local para remover o corpo do taxista. A outra vítima atingida com um tiro de raspão foi levada para atendimento médico no HUT (Hospital de Urgência de Teresina).

O delegado de homicídios, Francisco Costa, o Baretta, informou que o jovem atingido segue hospitalizado e foi atingido na cabeça com um tiro de raspão e dois tiros no braço, que ficaram alojadas no membro. “Vamos trabalhar de forma emergencial e buscar solucionar esse caso que chocou a sociedade”, disse o delegado.

O presidente do sindicato das cooperativas de taxistas, Pedro Ferreira, afirmou que a categoria está em uma guerra: "O taxista estava no ponto dele, chegaram esses rapazes pedindo uma corrida de táxi, na hora que ele seguiu uma moto entrou na frente e já foi alvejando, deu seis tiros em direção ao carro na avenida Noé Mendes. O taxista recebeu um tiro na barriga e veio a óbito no local, os tiros eram direcionados ao passageiro, mas infelizmente pegou nele. Domingo passado um carro de outro taxista também foi alvejado com seis tiros, nós tivemos um prejuízo tremendo, graças a Deus que com ele não aconteceu o pior, mas o desespero é tão grande que ele abandonou o carro no meio da avenida, nós estamos em uma guerra, somos alvos diretos de assaltos e assassinatos", afirmou.

Taxista foi morto no Dirceu (Crédito: Reprodução)
Taxista foi morto no Dirceu (Crédito: Reprodução)
Taxista foi morto no Dirceu (Crédito: Reprodução)
Taxista foi morto no Dirceu (Crédito: Reprodução)
Taxista foi morto no Dirceu (Crédito: Reprodução)
Taxista foi morto no Dirceu (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Efrem Ribeiro