Taxista é preso acusado de tentar estuprar adolescente em bairro de Esperantina

O taxista não relatou sua veroa, já que o Delegado Regional, Igor da Rocha Gadelha, não se encontrava na sede da Delegacia.


Na noite da última sexta-feira (13) o taxista Paulo Roberto da Silva, mais conhecido como Paulo da Conônica,foi  preso acusado de tentar estuprar a menor de iniciais  F. L.S.O., de apenas 17 anos de idade, na cidade de Esperantina, a 179 km de Teresina.

Ernando de Oliveira Viana, cunhado da vítima, afirmou que ela estava vindo de viajem e, ao chegar ao Terminal Rodoviário Manoel José Pontes em Esperantina, foi procurada pelo taxista Paulo da Conônica que ofereceu corrida até o povoado Sitio do Alegre, zona rural do município, onde ela reside. E, em um determinado percurso da viajem, nas proximidades do povoado Lagoa Seca, o taxista teria tentado estuprar a menor.

Ainda segundo Ernando Viana, sua cunhada chegou a pedir o taxista para parar o veículo, alegando que queria descer e urinar, foi quando aproveitou o para sair correndo  e pedir socorro aos moradores do local que acabaram acionando  sua família.

Eernado revelou ainda que a prisão do taxista pelos policiais da Força Tática, aconteceu no caminho quando o mesmo retornava do povoado Sitio do Alegre para a cidade de Esperantina.

O esposo da vitima, o pintor Gerson de Oliveira Viana, de 23 anos, afirmou que, no táxi do acusado, a policia encontrou sandálias da vitima e um facão pertencente ao taxista. O taxista não relatou sua veroa, já que o  Delegado Regional, Igor da Rocha Gadelha, não se encontrava na sede da Delegacia.

 

Fonte: Jornalesp