Taxista enforca e mata namorada em SP

Segundo a polícia, o taxista confessou o crime, e disse que matou a namorada por ciúmes

Um taxista de 33 anos foi preso na terça-feira (31) em Santos, a 72 km de São Paulo, por suspeita de enforcar e matar a namorada. O homem foi encontrado pela polícia na casa da ex-mulher, de quem estava separado desde agosto de 2008.

Segundo a polícia, o taxista confessou o crime, e disse que matou a namorada por ciúmes. Ela teria dito ao homem que tinha outro e que iria deixá-lo.

De acordo com a investigação, a mulher de 32 anos foi assassinada por volta das 22h de domingo (29), no apartamento do namorado. Durante a discussão, ele a teria enforcado com as mãos e um fio de um carregador de telefone celular.

O corpo da vítima foi deixado na porta do prédio onde mora o suspeito, em uma rua sem saída e com pouco movimento. Ela tinha marcas de estrangulamento no pescoço e estava descalça e sem documentos. A bolsa e os sapatos da mulher foram encontrados no apartamento do taxista.

No local, estava também uma camisa dele, com marcas de sangue. Segundo a ex-mulher do suspeito, ele não demonstrava ser uma pessoa agressiva.

Fonte: g1, www.g1.com.br