THE:Taxistas querem mudar de profissão temendo pela vida por causa de assaltos

THE:Taxistas querem mudar de profissão temendo pela vida por causa de assaltos

"A gente está na rua para tentar levar o ganha-pão para casa e vem um vagabundo desse e leva o que foi apurado durante todo o dia, diz o taxista

Os taxistas da capital estão querendo mudar de atividade profissional em razão do aumento da incidência de assaltos. A ação de bandidos deixou marcas no volante do veículo de um taxista, que foi ameaçado com um facão.

Francisco Leonardo dos Santos, 22, após realizar o assalto, na pressa, deixou os documentos caírem. A polícia já sabe que o dono dos documentos atua em um grupo composto outro homem e uma mulher loira.

Atualmente, os taxistas confirmam que há dificuldades de encontrar alguém da categoria que não tenha sido assaltado. Nas praças os profissionais não falam em outra coisa a não ser mudar de ramo profissional, pois o medo de perder a vida é maior que tudo.

?Eu fui abordado por três sujeitos, tomaram os meus pertences em movimento, eu suspeitei que eles iam me assassinar e acabei reagindo, peguei um dos bandidos e os outros dois fugiram, foi quando colidi em uma árvore e terminei escapando?, desabafa um taxista.

?Tanto eu vou desistir quanto a metade já pensa em mudar de ramo. A gente está na rua para tentar levar o ganha-pão para casa e vem um vagabundo desse e leva o que foi apurado durante todo o dia?, encerra.

Fonte: Denison Duarte