Técnico em enfermagem é preso após abusar de grávida internada em UTI

Segundo a Polícia Civil, a vítima, de 22 anos, relatou que o homem acariciou seus seios

Um técnico em enfermagem de 47 anos foi preso na madrugada deste sábado em Santos, no litoral de São Paulo, acusado de abusar sexualmente de uma paciente grávida de quatro meses, internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Guilherme Álvaro. O crime aconteceu pouco antes das 3h. Segundo a Polícia Civil, a vítima, de 22 anos, relatou que o homem acariciou seus seios e levou sua mão ao órgão sexual dele.

A jovem, que está internada por conta de problemas pulmonares, contou que conseguiu gritar para uma enfermeira, que chamou a polícia. Em pesquisa no banco de dados, os policiais descobriram que o suspeito tinha antecedentes criminais por atentado violento ao pudor.

A médica responsável pela paciente afirmou que a mulher estava consciente e tomava apenas medicamentos para dor. A enfermeira também afirmou que o homem já havia sido acusado por outras pacientes de abuso. Em uma das ocasiões, ele teria acariciado uma mulher enquanto auxiliava no banho dela.

O Terra entrou em contato com hospital, mas ninguém da direção foi encontrado para falar a respeito do caso.

Fonte: Terra, www.terra.com.br