Telefone celular colado em agência bancária é confundido com bomba

Telefone celular colado em agência bancária é confundido com bomba

Polícia constatou que se tratava de um celular colado na entrada do banco.

A ameaça de bomba em uma agência bancária mobilizou policiais da Companhia de Operações Especiais (COE) e assustou moradores e comerciantes na manhã desta terça-feira (29), na Praça do Violeiro, Setor Urias Magalhães, região norte de Goiânia. O artefato, que na realidade era um celular colado à porta do banco, foi descoberto por policiais militares que faziam patrulhamento de rotina na região.

?Se tratava de um celular que estava acoplado na entrada do caixa eletrônico, colado com cola Super Bonder?, detalha o PM Ronaldo Barbosa.

Um policial da COE vestiu roupas adequadas para retirar o celular, que poderia conter algum tipo de explosivo. A área foi isolada e o celular colocado dentro de uma caixa.

?É um crime. Não se trata de uma brincadeira. Deslocamos toda a força policial para este tipo de ocorrência e não se tratava de nada. A gente poderia estar fazendo outro tipo de serviço e, no entanto, estamos aqui?, destaca o membro da COE Rafael de Almeida.

A ocorrência não atrapalhou o horário de abertura da agência.


Telefone celular colado em agência bancária é confundido com bomba

Fonte: G1