Tentativa de roubo a empresário dá em prisão e acidente em Fortaleza

Dupla armada tentou roubar o dinheiro de um empresário na porta do banco, mas houve uma perseguição e acidente

Uma tentativa de assalto do tipo ´chegadinha´ bancária, na manhã de ontem, terminou em perseguição, acidente de trânsito na e prisão dos dois acusados, na zona Oeste de Fortaleza.

A vítima do ataque criminoso, um comerciante do ramo de venda de combustíveis, chegou à agência da Caixa Econômica Federal (CEF), na Avenida Mister Hull, em Antônio Bezerra, para depositar a renda do fim de semana de seu estabelecimento , quando foi surpreendida pelos assaltantes armados.

Ataque

O dinheiro do estabelecimento só não foi levado porque o comerciante pediu que um funcionário que descesse do carro e efetuasse o depósito na agência. Os bandidos não atentaram para isso e investiram contra o proprietário do posto de combustíveis.

Armados com um revólver e uma pistola, calibre 38 e 380, respectivamente, Francisco Selmo Leoni da Silva, 36; e Wellington Bezerra da Silva, 28, mandaram o comerciante entregar o dinheiro. A vítima passou para os ladrões um pacote com algumas revistas e um jornal.


Tentativa de roubo a empresário acaba em prisão e acidente

Os assaltantes fugiram na motocicleta Bross de placa OIQ-0463, mas foram perseguido pelo próprio comerciante, que estava em uma caminhoneta Amaroc blindada, de cor branca. Na Rua Capitão Brasil, a cerca de 100 metros do Terminal de Antônio Bezerra, a motocicleta colidiu com outro veículo, um a L200 de placas HTX-2191.

O comparsa de Wellington, Selmo Leoni, ainda tentou fugir depois do acidente, mas foi cercado por policiais militares que foram mobilizados para atender à ocorrência. Depois do socorro, a dupla foi levada para o 18º DP (Jurema) e autuada.

Os bandidos atingiram o reboque da caminhoneta, que estava transportando um jet-ski, e caíram no asfalto. Policiais militares, que atuam na Área Integrada de Segurança I (AIS- I), já estavam cientes do roubo e chegaram ao local em pouco tempo. O comerciante, que estava logo atrás, parou e fez o reconhecimento da dupla.

Com o impacto, os dois assaltantes caíram. Selmo Leoni, apesar de ferido, logo ficou de pé, tentou escapar, mas já estava cercado pelos policiais militares. O comparsa dele, Wellington Bezerra, ficou ferido mais grave e teve de ser levado primeiro ao Hospital Distrital Evandro Ayres de Moura, o ´Frotinha´ de Antônio Bezerra, antes de ser encaminhado à delegacia da área.

O comandante do 5º BPM (Centro) e coordenador da AIS-I, tenente-coronel PM Francisco Souto, informou que os bandidos presos têm antecedentes criminais. Selmo Leoni, que estava com o revólver, responde a dois processos por porte ilegal de arma e já cumpriu pena por roubo. "Ele já tem três assaltos nas costas", destacou o tenente-coronel Souto.

Nome falso

Logo que foi abordado pelos policiais militares, Wellington Bezerra forneceu um nome falso, entretanto, estava com seus documentos e logo foi constatado que estava tentando se livrar da acusação do crime. Ele já cumpriu pena por homicídio, tráfico de drogas, ainda pela Lei 6368/76; roubo e formação de quadrilha. Bezerra portava a pistola 380.

O tenente-coronel Francisco Souto ficou surpreso ao verificar que a motocicleta usada pelos criminosos não tinha restrição de roubo. Com Wellington Bezerra foi encontrada uma bolsa contendo uma camisa.

A roupa seria trocada durante a fuga, para dificultar o reconhecimento, caso houvesse uma perseguição. No momento em que ele atacou o comerciante, usava a farda de um farmácia.

A dupla foi autuada em flagrante no 18º Distrito Policial (Antônio Bezerra). "A Polícia Civil vai investigar outros casos de roubos semelhantes para saber se eles foram praticados por esses dois homens", frisou o tenente-coronel à Reportagem.

Outro caso

Praticamente na mesmo hora em que a Polícia prendia os dois bandidos no bairro Antônio Bezerra, outro assalto mobilizou várias patrulhas do Comando Tático Motorizado (Cotam), Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), Ronda do Quarteirão e do Policiamento Ostensivo Geral (POG).

Um casal de bandidos tentou assaltar os caixas de um supermercado na Avenida Bezerra de Menezes e trocou tiros com policiais militares que saíam de serviço e estavam próximos dali.

Na fuga, os criminosos abandonaram um veículo CrossFox e roubaram outro carro, de modelo HB20 branco, pertencente a uma oficial da PM, identificada como major Magnólia.

Os assaltantes fugiram em direção à Avenida Sargento Hermínio pelo bairro Monte Castelo e desapareceram. Várias buscas foram feitas, com o apoio de um helicóptero, mas a dupla sumiu.

Fonte: Diário do Nordeste