Terrenos baldios no Cidade Nova geram insegurança e medo

Existe na rua uma casa abandonada, que atrai desocupados.

O problema dos terrenos baldios em Teresina, que servem como depósito de lixo, é uma realidade comum a muitos moradores da capital piauiense, como os da Rua Quincas Bastos, localizada no Bairro Cidade Nova, zona sul de Teresina, no qual o problema se agrava ainda mais, pois além do terreno, também existe na rua uma casa abandonada, que conforme denunciam alguns moradores, serve até como esconderijo para marginais e suas mercadorias roubadas.



Segundo a dona de casa Juliana Sá, o que incomoda é a quantidade de lixo jogada no local, apesar da coleta de lixo passar corretamente na rua. ?A prefeitura até manda limpar o terreno, mas o mato cresce muito rápido, e o pior de tudo são os vizinhos que insistem em jogar lixo, pode-se encontrar de tudo, fraldas sujas, vísceras de animais, colchões velhos, e tudo isso resulta em uma fedentina que chega até as nossas casas.

E apesar de já termos reclamado vária vezes na SDU, e olha que eu moro aqui há dez anos, o problema nunca foi resolvido, e enquanto este terreno não for murado, o problema vai persistir e se agravar ainda mais com o passar do tempo?, reclamou a dona de casa.

Como o terreno fica ao lado de uma casa abandonada, a sensação de insegurança aumenta ainda mais no período da noite, pois o matagal facilita a ação de marginais.

?Com esse terreno baldio a rua fica ainda mais deserta, e não estamos seguros em nenhum período do dia, já que minha irmã foi assaltada na esquina de casa três horas da tarde, e quando chegamos a noite em casa, temos que abrir e fechar o portão muito rápido, pois não sabemos quem pode estar dentro deste mato e desta casa?, falou a dona de casa.

A empregada doméstica Regina Sousa afirma que o maior problema é a questão das queimadas realizadas constantemente por alguns moradores da rua, o que acaba gerando problemas de saúde.

?Raramente mandam limpar esse terreno, e olha que eu já trabalho aqui há alguns meses, e esse terreno é problema, pois como jogam muito lixo, e muitas vezes queimam, quando junta com a poeira, quem é alérgico acaba sofrendo ainda mais com essa falta de respeito com quem mora aqui perto?, disse.

Sobre o problema do terreno baldio na Rua Quincas Bastos do bairro Cidade Nova, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU/Sul) afirmou através de sua assessoria de imprensa que os fiscais da Gerência de Controle e Fiscalização do órgão irão ao local verificar a situação e identificar o proprietário do terreno, para então notificá-lo de acordo com o

Código de Posturas do Município, que estabelece que os proprietários de terrenos urbanos não edificados são obrigados a construir muro e calçada, bem como fazer a limpeza. Caso não obedeça a notificação, o proprietário do terreno será multado. A multa varia de R$ 200 a R$ 2.000, de acordo com a notificação.

Fonte: Gisele Alves