Tigre mata tratador na frente de turistas na Nova Zelândia

Segundo a polícia, o felino se atirou sobre a vítima enquanto ela limpava o cercado

Um raro tigre branco atacou e matou nesta quarta-feira (27) seu tratador, em um zoológico do norte da Nova Zelândia, informou a polícia. O caso ocorreu a plena luz do dia, e foi observado por turistas no zoológico de Whangarei.

Segundo a polícia, o felino se atirou sobre a vítima enquanto ela limpava o cercado, e não a soltou, apesar dos esforços de vários funcionários. "Tivemos muito medo, foi aterrorizante", declarou uma testemunha citada pela televisão neo-zelandesa.

Policiais disseram que o tratador já estava morto quando a equipe médica chegou.

O animal foi executado pelo pessoal do zoológico e o complexo, que abriga cerca de 40 tigres e leões raros, foi fechado aos visitantes.

No início do ano, outro tigre do mesmo zoológico já havia atacado um tratador, que precisou passar por cirurgias na perna após o ataque.

O tigre branco ou albino não é uma subespécie do felino, mas um exemplar com uma condição genética que quase elimina o pigmento na pele normalmente laranja, embora as raias negras não sejam afetadas.

Fonte: g1, www.g1.com.br