Tio que esfaqueou sobrinho responderá por porte de granada

Suspeito também será indiciado por resistência à prisão, pois feriu um policial

O homem de 32 anos que esfaqueou o próprio sobrinho de aproximadamente 4 anos e feriu um policial militar durante a fuga, na madrugada deste domingo (18), irá responder por tentativa de homicídio, granada e resistência à prisão, segundo o delegado Robson Gomes Pereira, da Delegacia da Barra da Tijuca (16ª DP).


Tio que esfaqueou sobrinho responderá por porte de granada

O tio do menino levou um tiro no tórax do PM quando tentou agredi-lo com uma faca no carro em que escapava. Ele precisará passar por cirurgia, segundo a Polícia Civil. O menino que teria sido esfaqueado no braço, supercílio e no fígado estava com o quadro estável. Ambos foram levados para o Hospital Rocha Faria.

O delegado confirmou que a equipe que prestou socorro ao suspeito encontrou uma granada escondida na roupa dele.

O incidente ocorreu na madrugada por volta de 4h deste domingo (18), em Ilha de Guaratiba, na zona oeste do Rio de Janeiro. Antes de ferir o menino, o suspeito o manteve em cárcere privado por várias horas.

O Corpo de Bombeiros e a polícia atenderam ao chamado à 1h. A polícia atirou contra o veículo e conseguiu impedir que o criminoso escapasse.

O suspeito ainda tentou esfaquear um policial, que em defesa atirou e feriu o homem. O policial ferido no braço foi à 16ª DP registrar a ocorrência.

As primeiras informações eram de que a mãe do suspeito também foi mantida como refém, mas foi liberada. Quando o socorro tentou resgatar o menino, o homem ameaçou usar uma faca. O delegado ainda está apurando essa situação.

Fonte: R7, www.r7.com