Traficante afirma que foi extorquido em R$ 1 milhão por policiais

Como a quantia era muito alta, ela foi levada para a 29ª DP

O traficante André Damião de Andrade, conhecido como Velho ou Coroa, afirmou, em depoimento na 5ª DP (Mem de Sá), que dois policiais civis e dois PMs do Rio de Janeiro chegaram a exigir R$ 1 milhão dele.

Os sargentos Fábio Bernado dos Santos Reis, do 2º BPM (Botafogo), e Aleksander Viana Machado, atualmente reformado; e os inspetores Olavo Cerqueira Escovedo e Robson Pierre Abreu de Souza acabaram presos, na noite de segunda-feira, suspeitos de extorquir dinheiro do criminoso.


Image title

Eles foram autuados pelo crime de concussão — o ato de obter vantagem indevida em virtude do exercício de uma função pública.

Damião contou, na 5ª DP, onde foi feito o flagrante, que os policiais estiveram na favela Faz Quem Quer, na Zona Norte do Rio, há duas semanas, e exigiram inicialmente R$ 500 mil para não prender uma mulher que estava numa casa na qual foram encontradas drogas e dinheiro.

Como a quantia era muito alta, ela foi levada para a 29ª DP (Madureira), e lá teria sido negociado o pagamento de R$ 70 mil. Outros R$ 30 mil deveriam ser dados no dia 21 deste mês. A mulher, então, foi solta. O próprio traficante disse que fez a negociação por telefone.



Fonte: Com informações do Jornal Extra