Traficantes agridem jovens de favela por festa com milicianos

Agressão repercute em rede social

Várias fotos de jovens nuas, que seriam moradoras da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, vem tento repercussão nas redes sociais. Nas imagens, que começaram a circular no dia 9 de junho, três garotas aparecem em poses sensuais, acompanhadas de outros homens, em diferentes cômodos de uma casa. Segundo relatos de moradores, os homens seriam traficantes e, após a divulgação das fotos, agrediram as jovens.

Image title


.Num áudio recebido pela policia uma garota, que seria uma das três que aparecem nas fotos diz: “Meu irmão me ligou agora e falou para eu não ir para casa porque minha amiga levou uma facada lá no apartamento.”. Em outro áudio, a jovem relata que uma delas estaria “apanhando muito no pantanal” e que “a firma toda está rindo e ele está muito irado”. Em outro arquivo, uma pessoa diz que uma mulher está “amarrada lá no AP”.

Image title

No Facebook, colegas das jovens também comentaram o caso. No dia 9, uma pessoa postou sobre o vazamento das fotos. No dia seguinte, lamentou o que aconteceu com as três na noite anterior. “Gente, que noite horrível! Meu Deus, proteja minhas amigas porque elas estão precisando de você nesse momento. Quero que vocês saibam que sempre podem contar comigo. Estou aqui pro que der e vier. Afinal, amigos são pra isso, fiquem bem pra eu ficar bem aqui também”, diz.

Image title

Em 11 de junho, após a polêmica postagem, que gerou repercussão entre os moradores da Cidade de Deus, a mesma pessoa postou que estava “agoniada com tantas perguntas”, relatando que muitos a estavam adicionando no Facebook para falar sobre o caso. “Não adianta me adicionar e me chamar no chat. Não vou te falar nada, arruma outro pra fofocar (...) não quero saber quem tomou ou quem não tomou ‘coça’, vai na direção das pessoas envolvidas e pergunte”, escreveu a jovem.

Image title


Fonte: Com informações do Extra