Traficantes mexicanos penduram corpos de duas pessoas em ponte

Quase 20 mil já morreram desde 2006 com ligação à guerra do narcotráfico.

Em mais um capítulo envolvendo disputas entre grupo ligados ao narcotráfico no México, dois corpos foram encontrados pendurados pelo pescoço em uma ponte próxima a uma localidade muito frequentada nos fins de semana por moradores da Cidade do México.

Os dois homens foram achados na manhã desta sexta-feira (9), em uma ponte que fica próxima a um shopping center de Cuernavaca. Os cadáveres estavam nus até a cintura e pendurados, segundo a procuradoria geral do Estado de Morelos.

A imprensa mexicana noticiou que os assassinos ainda crivaram de balas os corpos pendurados antes de fugirem do local.

"Dadas as características desse ato, as mortes parecem vinculadas aos cartéis de drogas. É é algo que estamos vendo mais nessa área", disse um porta-voz da procuradoria, que pediu anonimato.

Quase 20 mil pessoas já morreram na guerra entre os cartéis desde que o presidente Felipe Calderón colocou o Exército para enfrentar as quadrilhas de traficantes, no fim de 2006.

A escalada de violência tem afugentado os turistas e preocupa os Estados Unidos, que fornecem ajuda financeira, equipamentos e treinamento policial para que o México combata o narcotráfico. Alguns investidores congelaram investimentos em fábricas de cidades próximas à fronteira, especialmente Ciudad Juárez, onde a violência é especialmente grave.

Fonte: g1, www.g1.com.br