Transexual brasileiro envolvido em escândalo com político é morto em Roma

Para as autoridades locais, a hipótese mais provável é que o brasileiro tenha sido vítima de homicídio

O corpo de um transexual encontrado no último sábado em Roma foi identificado nesta terça-feira como sendo de um brasileiro. A morte pode ter ter ligações com o caso Brenda, outro brasileiro morto após ter sido envolvido em um escândalo sexual com um político italiano. As informações são da agência Ansa.

De acordo com as autoridades locais, os restos mortais localizados próximos ao rio Tevere, na capital italiana, eram de Carlos Eduardo Fernandes. Ele estava dentro de um saco de lixo, já em decomposição, junto a um casaco, um par de sandálias pretas e um anel de bijuteria.

Para chegar à identificação, a polícia científica de Roma, com a colaboração do departamento de investigação, analisou um pedaço da pele do dedo indicador da mão direita. A autópsia foi realizada na segunda-feira, mas ainda não se sabe a causa da morte que, devido ao estado de decomposição, poderia ter ocorrido entre 15 e 30 dias.

Para as autoridades locais, a hipótese mais provável é que o brasileiro tenha sido vítima de homicídio. Fernandes, que tinha 31 anos e era conhecido como Giovanna, vivia ilegalmente na Itália, trabalhava e morava na região de Castel Fusano.

O caso já é investigado pelo promotor público Rodolfo Sabelli, um dos magistrados que faz parte da equipe que investiga a morte de Wendell Mendes Paes transexual que utilizava o nome Brenda. De acordo com a Promotoria, busca-se averiguar se os dois tinham algum vínculo.

Caso Brenda

Brenda morreu em 20 de outubro asfixiado com a fumaça consequente de um incêndio em seu apartamento, em Roma. Ele era um dos envolvidos em um escândalo que levou o então governador da região do Lazio, Piero Marrazzo, à renúncia. O brasileiro também teria informações comprometedoras de personalidades do país.

Marazzo deixou o cargo após a divulgação de um vídeo no qual ele foi flagrado com travestis e transexuais. O caso veio à tona, pouco antes da morte de Brenda, com a prisão de policiais que tentavam extorqui-lo.

Fonte: Terra, www.terra.com.br