Travesti de 40 anos é encontrado morto dentro de apartamento

Travesti de 40 anos é encontrado morto dentro de apartamento

Vítima estava com as mãos e pernas amarradas no sofá da sala.

Uma travesti foi encontrada morta com sinais de sufocamento dentro de um apartamento no Centro de Curitiba. A vítima, de 40 anos, estava no sofá da sala com as pernas e mãos amarradas e uma camisa na cabeça, que de acordo com as investigações da Delegacia de Homicídios deve ter sido usada para sufocar a vítima. O delegado Rubens Recalcatti trabalha, entre as hipóteses, com a possibilidade de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.

O corpo foi encontrado na segunda-feira (12) com sinais de decomposição. A polícia suspeita que a vítima tenha sido morta na madrugada de sexta-feira (9), já que não era vista desde quinta (8). ?O pessoal começou a sentir um cheiro forte no prédio dela e começaram a fazer buscas. O porteiro subir os andares do prédio e acabou encontrando o cheiro forte no quarto andar. Foi chamado um chaveiro, e então foi encontrado o corpo dele?, afirmou Recalcatti.

A suspeita de latrocínio tem origem em quatro celulares que a vítima possuía, mas que não foram encontrados no apartamento. Segundo Recalcatti, a travesti nasceu na Paraíba, mas trabalhava fazendo programas em Curitiba há algum tempo. As investigações continuam na tentativa de identificar o autor do crime.

Fonte: G1