Travesti entra em carro de desconhecido e é assassinado; ele devia dinheiro para cafetão

Travesti entra em carro de desconhecido e é assassinado; ele devia dinheiro para cafetão

Imagens das câmeras de monitoramento da cidade flagraram o carro do suspeito do crime

Gabrielly saiu há cinco anos de Macapá (AP) para morar em Campinas, a convite de amigos. No dia do crime, na semana passada, ela saiu de carro com uma pessoa não identificada.

? Ela estava conversando comigo, quando de repente ele ligou para ela. Só sei que ela estava alterada, estava muito brava. Não foi cliente.

Amanda disse que ela nunca teve problema com "colegas" de Campinas, mas sim com travestis da capital.

? Infelizmente, nesse meio, é duro ter que admitir isso, mas tem muita gente da nossa classe que não dá para confiar, que é falsa, que é cobra, capaz até de matar.


Travesti morto em Campinas devia dinheiro para cafetão

O motivo mais forte seria de um cliente que teria matado a Gabrielly.

A outra hipótese é de que ela estaria com medo do cafetão, para quem devia dinheiro.

Três pessoas já foram ouvidas. Duas amigas e um parente. A investigação analisa imagens das câmeras de monitoramento da cidade, que flagraram o carro do suspeito do crime.

Fonte: R7, www.r7.com