THE: Travestis podem estar sendo vítimas de serial killer

THE: Travestis podem estar sendo vítimas de serial killer

Maria Laura diz que uma das suas companheiras, conhecida por Bianca, está desaparecida

Um psicopata pode estar atacando travestis e profissionais do sexo que vivem nas noites de Teresina. A denúncia foi feita pela representante do Grupo Piauiense de Transexuais e Travestis (Sptrans), Maria Laura dos Reis, nesta segunda-feira, 04, durante a exibição do programa Agora, da Rede Meio Norte.

Ao afirmar que está acompanhando alguns casos de agressões a travestis, Maria Laura assegura que o medo toma conta dos profissionais do sexo da capital em razão de ocorrências que têm vitimado fatalmente alguns travestis em Teresina, conforme registros feitos pela Polícia Militar do Piauí. ?Nós temos as esquinas como única forma de sustento e ainda vem um maníaco nos amedrontar?.

?Nós estamos tomando providências junto à Delegacia de Direitos Humanos. A gente vai tentar identificar essa pessoa! Nós temos algumas suposições; ele já usou diversos modelos de veículos para atuar. Ao realizar o ato sexual, em alguns minutos ele já começa a espancar, dando início a um processo de violência. Ele bate bastante e deixa a pessoa debilitada?, relata.

Maria Laura diz que uma das suas companheiras, conhecida por Bianca, está desaparecida e que as evidências apontam para a pessoa que está agredindo os travestis da capital. Na ocasião ela faz um apelo às autoridades e à população para que ajudem a encontrar Bianca. ?Ela é bem conhecida. Se algum puder ajudar a encontrá-la, ficaremos satisfeitas?.

Fonte: Denison Duarte