TRE adia novamente julgamento do prefeito de José de Freitas

Essa é a segunda vez, somente nessa semana que o julgamento é adiado.

O novo juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Pedro Alcântara, pediu vistas ao processo de acusação do prefeito de José de Freitas, Robert Freitas. Por conta disso, o julgamento que havia sido marcado para ontem, foi novamente adiado. Essa é a segunda vez, somente nessa semana que o julgamento é adiado.

O ajuizamento do prefeito havia sido marcado ainda na semana passada. No entanto foi adiado para esta segunda-feira. Por questões de tempo, o julgamento foi adiado para ontem e novamente cancelado, antes mesmo do colegiado do TRE iniciar a análise do mérito do processo.

Robert Freitas é acusado, juntamente com seu filho, o médico Ferdinand Freitas, de abuso de poder econômico, captação ilícita de sufrágio e conduta vedada ao agente público. As acusações de alastram desde as eleições de 2004. No início do ano, o TRE que condenou os dois a um ano e seis meses de reclusão e pagamento de multa correspondente a 15 salários mínimos. No entanto, a Corte converteu a prisão de ambos em uma multa no valor de 40 salários mínimos (R$20,4 mil). (M.M)

Fonte: Mayara Martins