Troca de tiros acaba em morte em SLZ

O fato ocorreu às 23h, durante uma troca de tiros entre criminosos e policiais,

Pode ter sido disparado por um policial militar o tiro que matou, na noite da ?ltima segunda-feira, Francisco da Concei??o, o Catiroba, de 80 anos, no S?o Crist?v?o. O fato ocorreu ?s 23h, durante uma troca de tiros entre criminosos e policiais, no n? 326, da rua Santa B?rbara, naquele bairro. Catiroba teve o pesco?o transfixado por uma bala, quando estava em sua resid?ncia, morrendo nos bra?os da companheira, Creuza Concei??o Silva, de 46 anos. O proj?til ainda resvalou na parede, caindo em frente ? entrada principal da casa.

De acordo com Creuza Concei??o, naquela noite, ela estava em um dos c?modos da resid?ncia, quando ouviu tiros nas proximidades. ?Francisco estava deitado em uma rede, no terra?o. De repente, alguns homens pularam o muro, invadiram nosso terreno e correram para o matagal nos fundos do s?tio?, contou. Ela frisou que, neste momento, o companheiro se levantou e, em seguida, caiu em seus bra?os. ?Ele me falou que estava baleado, fiquei desesperada. Eu olhei para o lugar de onde veio o tiro e vi dois policiais militares no terra?o. Um deles carregava uma arma, apontada em nossa dire??o?, complementou.

Creuza Concei??o informou, tamb?m, que os policiais se retiraram do local, ap?s o acontecido. ?N?o vi mais os dois. Depois, chegaram mais policiais militares e o pessoal do Instituto M?dico Legal (IML)?, resumiu.

Alguns vizinhos afirmaram que, quando invadiram a casa, os criminosos n?o estavam em confronto com os Policiais. ?Foram os policiais que entraram atirando, sem necessidade, os ladr?es estavam correndo?, mencionou um homem, que se identificou apenas como Zeca. Ele comentou ter visto os dois militares em uma moto de placa HPW 9524. Outros vizinhos revelaram que a c?psula foi recolhida e guardada pelo indiv?duo conhecido como Bui?. Ainda conforme, os vizinhos, ontem pela manh?, por volta de 9h, dois homens desconhecidos foram ver o corpo de Catiroba, velado na resid?ncia, e logo deixaram o local, aparentando constrangimento.

Relat?rio

O pr?prio relat?rio do Centro Integrado de Opera?es Policiais (Ciops) refor?a a suspeita das testemunhas. O documento, emitido ?s 23h40 de segunda-feira, reporta que ?durante a persegui??o aos assaltantes, foi registrada a ocorr?ncia M1004910, dando conta de que dois policiais militares, que trabalham em uma moto, haviam pulado o muro de uma resid?ncia e atingido o homem conhecido como Catiroba, com v?rios tiros?.

O relat?rio continua, explicitando: ?iniciou-se uma intensa troca de tiros entre os assaltantes e policias, em que os bandidos entraram num local escuro, tipo s?tio, continuando o tiroteio e verificando-se uma pessoa baleada no local, n?o sabendo a guarni??o se era um dos criminosos ou algu?m da comunidade?.

Segundo o Coronel Os?rio, comandante do 6? Batalh?o da Pol?cia Militar, o caso est? sob investiga??o. ?N?o podemos afirmar que os policias ocupantes da MT 60126 (moto), placa HPW-9524 atiraram no senhor Catiroba. Infelizmente, como explica o relat?rio do Ciops, eles tiveram de responder ao ataque de cinco homens, que dispararam contra eles, mas s? saberemos de onde partiu o tiro ap?s uma a per?cia do Instituto de Criminal?stica (Icrim), e ? nosso interesse investigar?, argumentou.

O coronel contou que, na noite de segunda-feira, cinco homens tomaram, de assalto, um carro no Olho d??gua e fugiram em dire??o ao S?o Crist?v?o. ?Ap?s colidir com um ve?culo, eles fugiram ? p? e roubaram uma mulher?, complementou.

Os policiais em motocicleta perseguiram os homens. ?Na persegui??o, eles (os criminosos) atiraram e nossos colegas reagiram. Logo, temos de saber se foram eles (os policiais) ou os assaltantes, os respons?veis pela morte do octogen?rio?, enfatizou. Conforme o coronel Os?rio, as armas utilizadas pelos policiais, duas pistolas 0.40, est?o ? disposi??o da per?cia e os dois policiais, em um procedimento de praxe, foram temporariamente afastados de opera?es de campo.

Fonte: Imirante